Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A minha Bela Adormecida

A minha Bela Adormecida

Filha única

Um dos motivos para que decidissemos ter mais um filho foi, para além de estarmos a amar ser pais da Maria desde o seu primeiro dia e por isso querermos repetir a experiência com mais um ser humano, permitir dar à Maria um companheiro para a vida e quem sabe o seu melhor amigo/amiga.

 

Esta é a minha visão cor-de-rosa do conceito de Irmão, visto não ter nenhum... alguém que se ame, com que se partilha as aventuras, brincadeiras e travessuras desde a infância, que esteja lá sempre para os bons e os maus momentos, mesmo com as aproximações e afastamentos do decurso da vida... 

 

Em pequena nunca desejei ter irmãos, na infância sempre estive rodeada de primos e amigos pelo que nunca senti necessidade de partilhar o amor dos meus pais com outra pessoa, agora em adulta penso que deveria ser muito bom ter este companheiro fraterno e por isso desejo-o para a minha filha.

 

Quando soube que a Sofia era uma menina, fiquei super feliz... para além de terem um Irmão, elas teriam-se uma à outra para partilhar as suas histórias de mulher, o mesmo não ia ser se o bébé que estava à espera fosse rapaz... ia ser maravilhoso! 

 

Claro que é uma visão idílica e que nunca saberei o que iria acontecer... poderiam até ter feitios completamente opostos e não se darem nunca... mas um dos aspetos que realmente me doí nesta situação, foi a perda deste relacionamento na vida da Maria.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D