Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A minha Bela Adormecida

A minha Bela Adormecida

Acreditar

 

Fomos ao Jardim Zoológico nas férias da Maria e na atuação dos Golfinhos, começou a dar a música da Mariza... e agora como parece que escuto melhor as canções, deparei-me com o refrão:

(...) É preciso perder
Para depois se ganhar
E mesmo sem ver
Acreditar! (...)

 

Acho que não é preciso perder, mas acreditar que após uma grande perda venha aí um grande ganho...

Missa das Grávidas

No dia de Páscoa fui à missa... recordei a última missa em que tinha estado presente, precisamente na missa dedicada às grávidas que decorreu em dezembro... será que Ele já me tinha predestinado este acontecimento? É difícil pensar nisso... que me deixou ir Agradecer e Orar por uma boa "hora" e depois, precisamente no dia em que o seu Filho nasceu, pufff...

 

A vida é complicada de se entender...

Maria, Mãe de Jesus

Este período de Páscoa trouxe-me à memória a homilia do Batizado da Sofia, que apesar do local e das circunstâncias, teve uma aura tão bela... no meio do seu discurso, o Padre relembrou o sofrimento de Maria a assistir o seu único Filho a sofrer naquela caminhada e a morrer na Cruz... que Dor! Que Mulher! 

 

Espero que a Sofia e os muitos "filhos perfeitos" desta vida estejam com ela, a receberem o Seu Amor...

 

Significado

Ainda não entendo como é que a Vida me pregou uma partida com tal requinte de crueldade... 

 

Não consigo entender esta Vida, onde vemos o Mal a prevalecer na sociedade, tanto os descritos nos meios de comunicação e outros tantos casos no mundo que não nos são apresentados mas que sabemos que existem a cada segundo, em alguma parte do mundo...

 

Não entendo as partidas que Ela faz às pessoas comuns e principalmente em crianças, com doenças que provocam sofrimento a elas e aos que estão em seu redor...

 

Ainda não consigo compreender que lições podemos tirar das situações trágicas...

 

Não entendo o significado deste lado negro da Vida... 

Insignificância

De vez em quando questiono este meu foco na positividade, expresso no meu post anterior... penso na insignificância destas pequenas coisas que faço para me manter "feliz", quando na realidade o meu outro caminho que tinha escolhido, iria permitir-me ser tão mais feliz e com tão mais significado na vida...

Foco

Todos os dias tento manter o foco na positividade... se a vida me deu limões, então tenho de fazer a tal limonada... tento sempre questionar-me o que posso fazer de bom nesse dia, fazer com que esse dia valha a pena e tenha algum significado na minha vida... isto porque não posso fazer o que realmente queria... tento que este período de licença, não seja só focado na recuperação do choque e na superação do luto mas também na realização de algumas atividades que, decorrente do "lufa-lufa" do dia-a-dia, não faria se estivesse a trabalhar... já viajei na cidade, já cuidei de mim, já fiz um workshop... sinto que também estes pequenos "presentes" de solidão também me dão força a para me conhecer melhor, refletir e arranjar forças para continuar...

Birras

Quando a Maria fez 4 anos, acho que lhe deu um "click" e apartir desse dia começou a fazer imensas "birras"... falam dos "terrible two" mas cá em casa só aconteceu agora... na altura pensámos que poderia ser atribuído ao facto da mana estar quase a nascer, mas efetivamente essa fase não passou (ainda)... na altura do nascimento houveram ciúmes e estes iriam certamente aumentar se a Sofia viesse para casa... mas por agora, ao manter-se filha única, espero que este comportamente seja apenas típico da idade e passe... no meu intímo, espero que também nada esteja relacionado com a perda da irmã. 

Os pensamentos...

(...)

- Não consigo parar de pensar naquele que perdemos, Jack.

  Não consigo...

  Sei que temos estes bébés e que devia estar contente, mas não consigo parar de pensar nele.

- Eu também não.

- A sério?

- Sim.

  Não penso noutra coisa.

  Sinto-me culpado quando penso nele e sinto-me culpado quando paro de pensar nele.

- Eu também.

  Pensava que era só eu.

- Não, acontece-me o mesmo.

 

- Amo-te.

- Também te amo.

(...)

 

Tradução de uma das cenas da série "This is us" T1E3

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D